O Mundial de Paraciclismo de Pista Rio 2018 teve início na manhã desta quinta-feira (22), no Velódromo do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O evento que dá o pontapé na disputa pelas vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, em 2020, começou com a realização da cerimônia de abertura e as disputas das provas qualificatórias da perseguição individual 3.000m masculino e feminino. A partir das 15h serão disputadas as primeiras finais. O Mundial vai até domingo e tem entrada gratuita.

 

Fernando Maia/MPIX/CPB

Cerimônia de abertura

 

“Os países que estão no Mundial irão, não só ganhar medalhas nos próximos quatro dias, como também iniciam a disputa pelas vagas nos Jogos de Tóquio. Nestes dias, veremos aqui muitos dos atletas que conquistaram medalhas na Rio 2016. Agradeço aos organizadores por fornecerem uma ótima estrutura para os atletas competirem”, declarou o vice-presidente da União Ciclística Internacional (UCI), o cubano José Manuel Pelaez.

José Luiz Vasconcellos, presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), entidade organizadora do evento, ressaltou que esta é a primeira vez que o Brasil é sede de um Mundial de Paraciclismo. “É uma satisfação para nós realizar a competição no Velódromo. Mostra o fortalecimento da modalidade no país, em que estamos com uma equipe com recorde de atletas e bem renovada. Temos aqui os melhores paraciclistas do mundo”, afirmou.

 

Fernando Maia/MPIX/CPB

Kawamoto Shota

 

Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Mizael Conrado, frisou a alegria em retornar ao Velódromo menos de dois anos depois dos Jogos do Rio. “Serão certamente quatro dias de uma competição de altíssimo nível e muito bem organizada, como pudemos perceber até aqui.”

Representante do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, o presidente da Agência de Legado Olímpico (AGLO), Paulo Márcio Dias Mello, frisou a felicidade em fazer do Velódromo palco do Mundial de Paraciclismo. “Hoje recebemos esse campeonato na pista mais veloz do mundo, onde 33 recordes foram batidos nos Jogos Paralímpicos. Contem sempre com a AGLO e o Ministério do Esporte, sempre estaremos de portas abertas para receber atletas”.

Disputas qualificatórias

Pela manhã, foram disputadas as primeiras provas qualificatórias da perseguição individual 3.000m masculino e feminino. Na classe C2 feminina, a holandesa Alyda Norbruis e a chinesa Zeng Sini fizeram os melhores tempos e vão disputar a medalha de ouro à tarde, enquanto a colombiana Daniela Florez e a australiana Amanda Reid brigam pelo bronze. No C3 feminino, a alemã Denise Schindler e a britânica Megan Giglia vão se enfrentar pelo topo do pódio. A disputa pelo terceiro lugar será entre a australiana Simone Kennedy e a americana Jamie Whitmore.

No C1 masculino, o canadense Ross Wilson encara o espanhol Ricardo Argiles pela medalha de ouro, enquanto o chinês Li Zhangyu e o holandês Arnoud Nijhuis disputam o bronze. No C2 masculino, o canadense Tristen Chernove fará a final com o chinês Liang Guihua. Na briga pelo bronze estão o russo Arslan Gilmutdinov contra o australiano Darren Hicks.

E no C3 masculino, o ouro será decidido entre o australiano David Nicholas e o belga Diederick Schelfhout. Já o bronze está entre o americano Joseph Berenyi e o espanhol Eduardo Asensio.

O Paraciclismo é o terceiro esporte no ranking dos que mais dão medalhas em Jogos Paralímpicos, atrás apenas do atletismo e da natação. O Mundial é composto por três provas em cada umas das categorias – Tandem (para cegos), C1, C2, C3, C4 e C5 (para pessoas com deficiências físico-motoras e amputados) tanto no masculino quanto no feminino. Além disso, há uma prova de Sprint com equipes mistas.

O Mundial de Paraciclismo de Pista é uma realização da CBC, com suporte da Agência de Legado Olímpico (AGLO), do Ministério do Esporte e do Comitê Paralímpico Brasileiro.

 

Confira a programação para a tarde desta quinta-feira (22):

15h às 20h50 – Finais

Contrarrelógio 500m C5 feminino

Contrarrelógio 500m C4 feminino

Contrarrelógio 1.000m C5 masculino

Contrarrelógio 1.000m C4 masculino

Cerimônia de premiação

Perseguição individual 3.000m C1 feminino

Perseguição individual 3.000m C2 feminino

Perseguição individual 3.000m C3 feminino

Perseguição individual 3.000m C1 masculino

Perseguição individual 3.000m C2 masculino

Perseguição individual 3.000m C3 masculino

Cerimônia de premiação

 

Serviço
O que: Mundial de Paraciclismo de Pista
Onde: Velódromo Olímpico do Rio de Janeiro
Quando: De 22 a 25 de março
Horários de Competições:  Sessão manhã a partir das 10h e sessão tarde, 15h
*Portões abertos: a partir das 9h
Entrada principal do Parque Olímpico da Barra – Portão 28 – Av. Embaixador Abelardo Bueno
Quanto: Entrada gratuita

 

Assessoria de Imprensa do Mundial de Paraciclismo – Media Guide
Fernanda Villas – fernanda.villas@mginpress.com.br
Valter França – valter.franca@mediaguide.com.br
Diogo Mourão – diogo.mourao@mediaguide.com.br
+55 21 3723-8134 /  3723-8112

CBC – Confederação Brasileira de Ciclismo
Wesley Kestrel – imprensa@cbc.esp.br
+55 61 99123-2218